ANIMAIS EM VOOS INTERNACIONAIS - Bicho Extraordinário

ANIMAIS EM VOOS INTERNACIONAIS

ANIMAIS  EM VOOS INTERNACIONAIS

1.Restrição para entrada de animais domésticos

Cada país tem normas específicas quanto a isso. Alguns países são bem rígidos com relação a entrada de animais domésticos. Outros exigem que os peludos fiquem em quarentena antes de serem liberados, por exemplo. Portanto, o primeiro passo é verificar se o país que você vai viajar aceita o seu animal.


2. Escolher a companhia aérea
É muito importante escolher a companhia aérea, e os motivos para isso são: algumas companhias aéreas não aceitam certas raças ou condições que os animais possam ter. Como por exemplo, muitas companhias aéreas não aceitam animais braquicefálicos que são o pug, bulldog, boxer, e todos aqueles que o animal tem o focinho encurtado, e isso vale pra gatos e cachorros. Outras companhias aéreas só aceitam animais no porão que é aquele lugar especial climatizado no mesmo espaço que as bagagens ficam, algumas outras só aceitam os animais na cabine junto com a/o responsável pelo animal. E o outro motivo é que sem sombra de dúvidas existem companhias aéreas que se preocupam mais com essa questão de transporte de animais domésticos e estão mais bem preparadas para fazer esse tipo de viagem. E obviamente queremos o bem dos nossos peludos, então escolher bem a companhia aérea é um processo muito importante.

Comida para Gato - Bicho Extraordinario
3. Documentação necessária
Buscar informações sobre as normas sanitárias exigidas pelo país de destino. Busque informações na internet e/ou solicite à embaixada/consulado do país de destino. É importante providenciar a documentação necessária com antecedência e no mínimo dez dias antes da viagem.

• Atestado de saúde do animal emitido por um veterinário: A veterinária/ o veterinário deverá emitir um atestado de saúde do cachorro/ gato detalhando o estado de saúde do animal. E você precisa comprovar que as vacinas estão em dia, no caso dos Estados Unidos só é exigida a racina anti-rábica, mas outros países podem exigir outras também. Infos importantes: O atestado tem que especificar que o animal não tem miíase; Cães e gatos devem ter idade mínima de 8 semanas para viajar; A vacina anti-rábica é obrigatória para cães e gatos com mais de 90 dias e deve ter sido aplicada há mais de 30 dias e menos de um ano.

• Certificado Zoossanitário Internacional (CZI): Para tirar esse certificado, você precisar ir com o animal até o Ministério da Agricultura levando atestado de saúde do bichinho assinado por um veterinário e carteira de vacinação em dia. Infos importantes: É necessário marcar uma consulta com um veterinário do Ministério da Agricultura que atenda no aeroporto do vôo de origem e levar o Certificado Sanitário completo; Esse documento do animal tem validade de oito dias; Esse documento é gratuito.


4. Caixa de transporte
É necessário comprar uma caixa de transporte de acordo com o tamanho permitido pela companhia aérea. Se o animal vai no compartimento de bagagens o ideal é comprar uma com pelo menos o dobro do tamanho do animal. Infos importantes: A caixa de transporte tem que ser grande o suficiente para o animal ficar confortável, tenha bastante entrada de ar e consiga se movimentar normalmente dentro dela.


5. Tem que sedar o animal?
Eu digo NÃO. Só sedem o animal se o especialista recomendar, e na maioria dos casos os veterinários não recomendam. E algumas companhias aéreas não aceitam o animal se perceberem que estão sedados. Infos importantes: De acordo com a Associação Americana de Médicos Veterinários, na maioria dos casos, cães e gatos não devem receber sedativos ou tranquilizantes antes de voar. Ao viajar os animais de estimação ficam expostos a maiores pressões de altitude, o que pode criar problemas respiratórios e cardiovasculares em cães e gatos que estão sedados ou sob o efeito de tranquilizantes.


6.Sobre a temperatura
Animais não podem viajar durante o verão americano, eles só podem embarcar entre 15 de setembro até 15 de maio. Os animais não são aceitos quando a temperatura atual ou prevista do país estiver acima de 29,4º Celsius em qualquer ponto do itinerário. Eles não são aceitos quando a temperatura em terra estiver abaixo de 7,2º Celsius em qualquer ponto do itinerário.

 

Fonte: Soama.org.com.br

Envie seu comentário

Animais

Veja mais

Aves

Veja mais

Cães

Veja mais

Cirurgias Veterinárias

Veja mais

Eventos

Veja mais

Gatos

Veja mais

Roedores

Veja mais
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE