SEU PET CORRE UM GRANDE PERIGO! - Bicho Extraordinário

SEU PET CORRE UM GRANDE PERIGO!

SEU PET CORRE UM GRANDE PERIGO!

FOGOS DE ARTIFÍCIO

Natal, Ano Novo, Copa do Mundo, finais de campeonatos de futebol são ocasiões em que mais animais se perdem de seus donos.

Muitos da fauna silvestre morrem e sofrem alterações do seu ciclo reprodutor.
Os cães latem em desespero e enforcam-se nas correntes. Eles e os gatos têm taquicardia, salivação, tremores, medo de morrer, e escondem-se em locais minúsculos, fogem para nunca mais serem encontrados, provocam acidentes nas vias públicas e são vítimas de atropelamento.

EM CASOS DE FULGA:

Lembre-se que, se o seu bichinho conseguir fugir, por desespero, ele irá correr por vários e vários quilômetros.

É MUITO IMPORTANTE deixar o animal com uma coleira com um telefone de contato. Se alguém conseguir resgatar seu bichinho, você poderá ser contatado. Utilize uma plaqueta de metal ou de plástico, com uma escrita que não saia se molhar. Etiquetas de papel escritas à caneta além de rasgar com facilidade ficam ilegíveis quando molhadas.

Gato com Diarréia

OS PERIGOS:

* Fugas, perdidos eles podem ser atropelados ou mesmo provocar acidentes.
*Mortes, enforcando-se na própria coleira quando não conseguem rompê-la para fugir, ou mesmo ao tentarem passar por vãos pequenos. atirando-se de janelas, atravessando portas de vidro, batendo a cabeça contra paredes ou grades.
*Ferimentos, quando atingido ou quando abocanham rojão achando que é algum objeto para brincar.
*Traumas Emocionais, resultando na mudanças de temperamento para agressividade.
*Ataques contra os próprios donos e outras pessoas.
*Brigas com outros animais com os quais convivem inclusive.
*Mutilações, no desespero de fugir atravessando grades e portões.
*Convulsões (ataques epileptiformes).
*Morte e alteração do ciclo reprodutor dos animais da fauna silvestre.
*Afogamento em piscinas.
*Quedas de andares e alturas superiores.
*Aprisionamento indesejado em lugares de difícil acesso na tentativa de se protegerem.
*Paradas cardiorrespiratórias
*Há animais que, pelo trauma, mudam de temperamento e chegam até ao suicídio.

PREVENIR É MELHOR DO QUE REMEDIAR!

Adotando alguns procedimentos simples, pode-se diminuir o sofrimento dele:

*Procure um veterinário para sedar os animais, no caso de cães muito agitados;
*Evite acorrentá-los, pois poderão enforcar-se;
*Acomode-os em um cômodo dentro da casa onde possa mantê-los em segurança;
*Fechando as portas e janelas, bem como proporcionando iluminação suave;
*Evite deixar muitos cães juntos pois, excitados pelo barulho, podem brigar até à morte;
*Dê alimentos leves, pois distúrbios estomacais provocados pelo pânico levam à morte;
*Identifique seus animais com placas na coleira, para o caso de fuga;
*Tente colocar tampões de algodão nos ouvidos deles;
*Estenda cobertores nas janelas e no chão, para abafar o som. Cubra-os com um edredon;
*Deixe uma parte guarda-roupas aberto para servi de esconderijo, mas prepare-se porque eles poderão urinar, por medo;
*Coloque-os próximos a rádios ou TV ligados e vá aumentando o volume, antes dos fogos;
*Cubra as gaiolas dos pássaros.
*Retire qualquer coisa que possa ser derrubada, quebrada ou derramada.

DICA ANIMAL:

A técnica, desenvolvida por Linda Tellington-Jones, consiste em atar o cão com um pano para que a circulação sanguínea do corpo seja estimulada, e assim, amenizar as tensões e diminuir a irritabilidade.
Com essa dica, espera-se que boa parte dos cãezinhos fique mais tranquila nas festas de fim de ano!

Como fazer?

É muito simples! Utilizando uma faixa de um tecido macio e firme, amarre o cachorro de modo que a faixa abrigue o peito e o dorso, e finalize dando um nó na região da coluna.

Por que funciona?

A pressão exercida sobre o corpo do animal faz com que seu psique e tronco entrem em harmonia, causando a sensação de segurança e deixando o cão menos agitado. O efeito pode variar em cada cachorro, dependendo do nível de fobia que ele possui.

Se você é um Cuidador Zeloso Compartilhe essa ideia! Afinal de contas não queremos apenas o bem estar do nossos pets, mas de todos os Pets!

EM PAÍSES DA EUROPA SÓ É PERMITIDO SOLTAR FOGOS EM ÁREAS PREVIAMENTE ESTABELECIDAS PARA NÃO PREJUDICAR A FAUNA.

PREVENIR É O IDEAL, POIS SÃO POUCOS OS VETERINÁRIOS DISPONÍVEIS NO PRIMEIRO DIA DO ANO.

Envie seu comentário

Animais

Veja mais

Aves

Veja mais

Cães

Veja mais

Cirurgias Veterinárias

Veja mais

Eventos

Veja mais

Gatos

Veja mais

Roedores

Veja mais
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE